Missa do Galo

A seguir, um conto de Machado de Assis. Lembro-me de ter lido na infância, e achado um máximo.

Nunca pude entender a conversação que tive com uma senhora, há muitos anos, contava eu dezessete, ela trinta. Era noite de Natal. Havendo ajustado com um vizinho irmos à missa do galo, preferi não dormir; combinei que eu iria acordá-lo à meia-noite. Continue reading

Advertisements