Querido Diário da Inteligência e Artificialização Humana

Porque escrever me deixa segura de que alguma coisa está certo nesse mundo. Talvez só o fato de eu escrever seja o que está certo. Porque nem sempre eu escrevo com o coração. As vezes uso os olhos ou então as minhas próprias mãos. Mas, é impossível se calar quando o céu está azul, as nuvens como algodão e lá no fim tem montanhas. Nem o barulho de civilização estraga essa convivência com a natureza de quem tem olhos para enxergar e coração para sentir. Veja, estou escrevendo, olhando e sentindo. Quer dia melhor que esse?

____________

Será uma sequência de posts onde estarei criando pensamentos urbanos sobre a beleza das coisas humanas e naturais. Talvez inspirações de minha janela ou então de alguma rua com algumas pessoas brigando. São só dia a dia, compartilhado com a Inteligência e Artificialização Humana.

Advertisements

One thought on “Querido Diário da Inteligência e Artificialização Humana

  1. Olha, eu não curto esse negócio de ficar adjetivando textos, então vou falar de processo de escrita: há um amadurecimento evidente rolando por aqui. Isso sim é importante. É isso: escrever sem saber o porquê. Escrever porque é o único jeito de viver. O resto é balela, é elogio barato.
    🙂

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s